NOTÍCIAS & ARTIGOS

Advocacia criminal e a arte da sustentação oral por Diogo Malan

Pela relevância, indico nesse espaço a leitura do excelente artigo de Diogo Malan publicado no Boletim de Notícias Conjur de 07/04/2021 que pode ser acessado pelo link: ConJur - Diogo Malan: Advocacia criminal e a arte da sustentação oral.

Em que pese a decepcionante e infelizmente não incomum postura de alguns julgadores de, em flagrante desrespeito ao defensor que ocupa a tribuna, não dedicar qualquer atenção à sua fala, é preciso, conforme aconselha Diogo Malan, incorporar à estratégia de defesa a sustentação oral.

Ocasião houve em que, ao sustentar em determinada Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, a única integrante do julgamento que efetivamente prestava atenção à sustentação oral que realizava era a representante do Ministério Público naquela sessão de julgamento, a quem dediquei sincero agradecimento nos instantes finais de minha fala.

E foi só nesse momento que os desembargadores voltaram sua atenção à fala desse defensor, apesar de na sequência não terem demonstrado nenhum constrangimento por terem se portado como alunos ingressantes em um curso de Direito, que conversam entre si enquanto o professor faz sua exposição.

O professor ao menos nutre a esperança de que seus jovens alunos amadureçam e reconheçam a necessidade de se preparar da melhor forma possível para atuar em uma sociedade carente e que depende de operadores do Direito comprometidos com sua missão.

Já ao advogado criminalista deve servir como alento a consciência de que seu ofício é o do Cirineu e, tal qual Simão, deve prosseguir dividindo com seu cliente o peso da Cruz que, justa ou injustamente, carrega.


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tomamos a liberdade de reproduzir nesse espaço o artigo do advogado criminalista Antonio Ruiz Filho, originalmente publicado na 'Revista do Advogado" da AASP, ano XXXIX, nº 141, de abril de 2019 . O

Reproduzo nesse espaço, pela relevância e atualidade do tema, o artigo de Drauzio Varella publicado na Folha de São Paulo - caderno ilustrada em 03/02/2019. A questão prisional é muito grave para fica